Classifique este item
(0 votos)
Reprodução Reprodução
dentro Músicas

Do forró ao sertanejo, São João da Capitá tem noite de muita animação e desfile de sucessos

Por Publicado Junho 11, 2019

Festa começou no sábado (8) e foi até a madrugada deste domingo (9) no Classic Hall, em Olinda. Público se dividiu entre palco principal, Sala de Reboco e cidade cenogográfica.

 

A 18ª edição do São João da Capitá teve uma noite cheia de alegria e música, do forró ao sertanejo. As bandas e cantores que animaram o palco principal do Classic Hall, em Olinda, no Grande Recife, apresentaram repertórios cheios de sucessos. Alguns artistas homenagearam Gabriel Diniz, que participaria do evento, mas morreu em um acidente, em Sergipe, em maio deste ano.

 

Os portões foram abertos às 19h e os shows começaram por volta das 21h. A Banda Magníficos, do Rio Grande do Norte, foi a primeira a subir ao palco e cantar sucessos como “Chamego ou Xaveco”, “Cristal Quebrado” é “Verdadeiro Amor”.

A apresentação teve três partes distintas: "Magníficos Different", “Beber, roer e chorar” e uma quadrilha. No último bloco, o público entrou de vez no clima junino. O show foi encerrado com muita empolgação. Era só o começo do São João da Capitá 2019.

Márcia Fellipe subiu ao palco pouco antes das 23h. A cantora amazonense abriu o show com seu hit “Quem me dera” e ninguém ficou parado.

As canções “Vai descendo” e “Aqui ó pro meu ex”, também conhecidas do público, agitaram ainda mais a multidão.

 
Irmãos Henrique e Juliano parriciparam do São João da capitá 2019 — Foto: Charles Johnson/DivulgaçãoIrmãos Henrique e Juliano parriciparam do São João da capitá 2019 — Foto: Charles Johnson/Divulgação

Irmãos Henrique e Juliano parriciparam do São João da capitá 2019 — Foto: Charles Johnson/Divulgação

 

Os irmãos Henrique e Juliano, uma das atrações mais esperadas da noite, fez o público vibrar com seu sertanejo. Sucessos como “Vidinha de balada” e “Cuida bem dela” integraram a lista de canções.

Fãs que estavam na área do Capitá Premium tentavam chamar a atenção da dupla, que demonstrou um grande apreço pelos pernambucanos.

Ao fim do show, a dupla anunciou uma parceria com Wesley Safadão, ainda sem data de lançamento.

 
Wesley Safadão fez um dois shoes mais esperados do São João da Capitá — Foto: Charles Johnson/Divulgação Wesley Safadão fez um dois shoes mais esperados do São João da Capitá — Foto: Charles Johnson/Divulgação

Wesley Safadão fez um dois shoes mais esperados do São João da Capitá — Foto: Charles Johnson/Divulgação

Após os sertanejos, Wesley Safadão subiu ao palco. Ele abriu o show com uma homenagem emocionante ao amigo Gabriel Diniz, que morreu no mês passado e se apresentaria no São João da Capitá este ano.

O pai de Gabriel, Cizinato Diniz, também participou da homenagem, que foi acompanhada de um vídeo feito pelo evento.

Após as homenagens, Safadão começou seu show e agitou toda a multidão. Ele ainda recebeu a sertaneja Yasmin Santos, com quem cantou “Saudade nível hard”.

 
Saia Rodada se apresentou no São João da Capitá, em Olinda — Foto: Charles Johnson/Divulgação Saia Rodada se apresentou no São João da Capitá, em Olinda — Foto: Charles Johnson/Divulgação

Saia Rodada se apresentou no São João da Capitá, em Olinda — Foto: Charles Johnson/Divulgação

 

Por volta das 4h20 da manhã, a banda Saia Rodada subiu ao palco para fechar a festa com chave de ouro. “Já que me ensinou a beber”, “Filho do Mato” e “Bebe, vem me procurar” foram algumas das músicas apresentadas.

Clássicos do forró eletrônico foram cantados durante quase todo o show. No fim da apresentação, a banda fez releituras do forro tradicional e embalou que ainda tinha pique após mais de oito horas de festa.

 
Cristina Amaral se apresentou na Sala de Reboco, no São João da Capitá — Foto: Charles Johnson/Divulgação Cristina Amaral se apresentou na Sala de Reboco, no São João da Capitá — Foto: Charles Johnson/Divulgação

Cristina Amaral se apresentou na Sala de Reboco, no São João da Capitá — Foto: Charles Johnson/Divulgação

 

Tradição

 

Na Sala de Reboco, os casais e solteiros de todas as idades não pararam de dançar por um minuto sequer.

Cezzinha, Cristina Amaral, Josildo Sá e Nádia Maia colocaram os espectadores para dança juntinhos durante toda a noite, com músicas próprias e clássicos do forró.

 
Cidade cenográfica foi uma das atrações do São João da Capitá, em Olinda — Foto: Charles Johnson/Divulgação Cidade cenográfica foi uma das atrações do São João da Capitá, em Olinda — Foto: Charles Johnson/Divulgação

Cidade cenográfica foi uma das atrações do São João da Capitá, em Olinda — Foto: Charles Johnson/Divulgação

 

 

Cidade cenográfica

 

Entre as musicas do pé de serra e os grandiosos shows no palco principal, a cidade cenográfica dava aquele toque de interior, típico da época junina.

Cartomante, rezadeira e igreja. Tudo para acolher o público da melhor forma possível. Além disso, um memorial para o cantor Gabriel Diniz foi criado em uma das primeiras casinhas.

 

Elogios

 

O novo formato da festa recebeu elogios e críticas do público. Muita gente, como a professora Odenia Andrade, 44 anos, adorou a maratona de shows, mas disse que ela ficou menos intensa.

“Eu amava os dois dias, mas chegava acabada no segundo dia. É muita coisa para acompanhar”, comenta.

Para Viviane Almeida, 63, que veio com o marido e um casal de amigos, o formato de um dia é pouco. “Ah, eu acho que quanto mais São João da Capitá, melhor. Mal cheguei e estou ansiosa para o ano que vem”, justifica.

 

Fonte: G1

Acessado 41 vezes

Sobre

  • A Rádio Super FM - 89,3 é a única no município de Campo Novo do Parecis, MT, que possui programação diferenciada, com um estilo próprio.

Fale Conosco

Avenida Mato Grosso - 2199-NE
Campo Novo do Parecis, MT 78360000
Brasil
+(65) 3382-2898
Mobile: +(65) 9 9624-2258
superfm893.com.br